Já te ocorreu, ao acordar, ter aquele sentimento “se pudesse não iria trabalhar hoje”? Se sim, está na hora de parar e repensar sua carreira ou, no mínimo, seu atual emprego.

Você já pensou no seu futuro?
Qual é sua meta profissional?
Quais são seus objetivos?

Como você quer e pretende estar daqui a 5 e 10 anos?

Estaria disposto a fazer o que fosse preciso para trazer esses resultados? É apenas um sonho que você tem ou é um desejo real de mudar?

Essas são questões importantes de serem respondidas, pois o ajudarão a traçar sua carreira e potencializar seus resultados. Mas, para tanto, é necessário, em primeiro lugar, definir suas metas e objetivos.

São raras as pessoas que não experimentam, em algum momento da vida, dúvidas a respeito da carreira profissional escolhida, até porque sabemos que uma escolha de carreira, que reflita os valores individuais e potencialize o uso de nossos talentos, acontece em um momento no qual não estamos maduros o suficiente para nos conhecermos e entendermos o impacto dessa escolha em nossa satisfação e felicidade, pelo resto de nossas vidas.

Mudanças
Pesquisas realizadas mostram que a maioria dos profissionais está insatisfeita com o trabalho atual, por questões da própria carreira, como a vontade de trabalhar com algo diferente, que melhor reflita os próprios valores, ou por aspectos profissionais específicos, como ambiente de trabalho insatisfatório, carga horária excessiva, remuneração baixa, etc.

Sentir que há algo a mudar é natural e saudável, e todos já sentiram ou sentirão. O problema acontece quando as dúvidas permanecem sem solução, levando o indivíduo a experimentar a angústia da insatisfação com sua vida profissional, sentindo-se perdido, enclausurado em sua incerteza a respeito de que caminho seguir: fazer ou não uma mudança de rumos, desistir da carreira atual e iniciar algo completamente novo, fazer uma mudança sutil na carreira para uma nova área, função, empresa, segmento de negócio, voltar a trabalhar após anos dedicando-se à família, enfim, muitas possibilidades, pouca certeza e muita insegurança em mudar.

Cada um de nós dá diferentes significados ao que acontece na vida. Uns são mais emotivos, outros mais práticos e outros mais mentais. E cada um de nós “paga” um preço por escolher viver desta ou daquela forma. Mas a verdade é que a maior parte do nosso comportamento acontece na parte subconsciente, antes mesmo de termos noção da sua existência.

A questão fundamental é que, se tivermos consciência disso, podemos lidar com o comportamento de forma a ter os resultados que desejamos. E uma das melhores e mais eficazes maneiras de fazer isso acontecer é ter o acompanhamento de um Coach.

O Coaching de Carreira tem sido um grande aliado dos profissionais de planejamento de vida e na definição assertiva de suas ações. Apoia o alinhamento de suas necessidades, sonhos e valores, como também os seus anseios pessoais.

Como o Coaching funciona
Destinado aos profissionais que estejam vivenciando um momento de análise, reflexão e decisão sobre riscos e oportunidades para sua carreira, o Coaching também é indicado para profissionais que vão vivenciar seu primeiro cargo de liderança e vivem os anseios de se tornarem chefes.

Segundo pesquisas da consultoria Robert Half, a realização de Coaching de Carreira traz impactos positivos a 88% dos profissionais brasileiros. O processo é realmente eficaz por objetivar o desenvolvimento de competências e habilidades técnicas, comportamentais e emocionais, de forma rápida e efetiva.

Auxilia o profissional para que alcance o autoconhecimento e, com isso, consiga visualizar seus pontos fortes a fim de evidenciá-los. Apoia na melhor gestão do tempo e eliminação de aspectos do comportamento que estejam sabotando seus resultados e limitando seu desenvolvimento.

Um processo de coaching de carreira é também uma oportunidade de reavaliação pessoal. Possibilita que o cliente faça um melhor alinhamento dos seus objetivos de vida, defina o que é ou não é importante, elimine crenças limitantes e planeje as ações. E claro, o apoia efetivamente para que mantenha o foco e aja em direção aos resultados desejados.

Qual é o momento ideal para fazer um Coaching de Carreira?
O melhor momento para iniciar o processo de Coaching de Carreira é quando não houve ainda o rompimento com o trabalho atual, pois, assim, o coachee (cliente) tem mais energia para realizar as mudanças necessárias na construção de uma nova etapa em sua vida. Diante de uma demissão ou situação de desemprego, a ansiedade é muito maior e torna-se mais um obstáculo na construção da clareza necessária para uma escolha que leve o indivíduo a iniciar uma nova etapa de sua vida profissional, com maiores perspectivas de realização pessoal.

O importante desse processo de Coaching de Carreira é que ele, ao ajudar o cliente a entender, a gerar possibilidades, escolhas e a implementar decisões profissionais, entrega-lhe algo muito valioso: o direito de voltar a sonhar. E isso, meus amigos, não tem preço!

Acredite em seu potencial, busque o sucesso e seja feliz, sem medo!