Já dizia Cícero: “Não há nada mais gratificante do que o afeto correspondido, nada mais perfeito do que a reciprocidade de gostos e a troca de atenções”..

Esta mesma regra de ouro nos foi ensinada nas Escrituras Sagradas em Mateus 7:12: “Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós a eles…”

Aprendemos desde crianças à máxima: “Devemos tentar retribuir, na mesma moeda, o […]